Espora

by CHCL

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
00:58
3.
4.
01:13
5.
6.
01:55
7.
02:31
8.
02:04
9.
10.
03:35

about

Gravado em abril e maio de 2014 por Diego Xavier, no Estúdio Wasabi, em São José dos Campos/SP.
Mixado e Masterizado por Cassio Zambotto em Natal/RN.

Todas as músicas por CHCL.

credits

released August 15, 2014

tags

license

all rights reserved

about

CHCL São José Dos Campos, Brazil

Quarteto roqueiro do interior paulista formado em 2012.

contact / help

Contact CHCL

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Cada Vez Mais
Sem espaço pra chegar, cansado dessa bosta!
Sempre a mesma velha história...
Sem costas pra aguentar, com a condição imposta.
Eu to ao ponto de estourar!

A cada vez mais me sinto forçado a parar por aqui!

Sua conduta é meu asco, meu espaço é teu lugar.
Sem respeito e sem importância.
Cansei de ser escravo! Cansei de me esbarrar!
Eu to ao ponto de estourar!
(Não vai durar! Não vai durar! Não vai durar!)

A cada vez mais me sinto forçado a parar por aqui!
Track Name: O Sol
Sério mesmo? Sou eu tão chato, ou você intragável?

Gostos diferentes nos separam
Ainda bem...
Mas respeito... mais respeito!

Só não preciso cutucar ou provocar
Não é a meta
Não pense que é o sol...
O sol...
Track Name: Faça Você Mesmo
Minha vontade de continuar
Agradecido por tudo
Recíproco, fugaz
Correntes grandes e fortes
Um laço, um ideal
Ouse se levantar

Pense, se organize
Faça você mesmo
Poder em suas mãos
Guie sem medo
Track Name: Caído
Vai! Tenta me convencer
Que eu devo acreditar em você
Seus julgamentos nunca vão me convencer do contrário.

Vai! Inventa outra confusão
Esqueça sua história e não
vai se contradizer
Você vai se contradizer....
Eu sei que vai.
Track Name: Beirando os 30
Olha o seu tamanho, você não sente vergonha?
Até quando vai deixar a vida te levar?

Ao que tudo indica vai ser dificil a partir daqui

Só sonhos rasos, se é que existem
só planos bestas, sem nada a acrecentar

Ao que tudo indica vai ser dificil a partir daqui
Track Name: Cardíaco
Não temos tempo pra assimilar
Vamos seguir com isso até o final
Sem batimentos e dormindo mal
Com pouca condição para voltar

Pouco gás e muito asfalto
Olhos cerrados pra atacar. Atacar!
O peso é cada vez mais alto e eu vou infartar!
Track Name: Falso Real
Copiando atitudes
Imitando os gestos que não estão aqui
mas estou vendo em você.

A imaginar seu falso real...

As suas palavras repetem
gírias de um outro alguém livre e sabotado
no seu falso real

A imaginar seu falso real...
Track Name: Protestante
Quanto mais gritos para o alto, julgamento sociais?
Os sentimentos de verdade já não valem mais...
Nada vai mudar o que aconteceu!

Seu dízimo ou seu purgatório, o que você teme mais?
Palavras e confessionários não te fazem mais!
Nosso tempo é limitado, o que você vai fazer?

Será que é ouvido? Será que vai saber?
Será que faz sentido? Não sei mais. Não sei.

Quanto mais "bispos-deputados", posições especiais?
Em notas contabilizadas sem olhar pra trás.
Não tenho estômago pra crer.

Será que é ouvido? Será que vai saber?
Será que faz sentido? Não sei mais. Não sei.
Track Name: Máximo Respeito
Enquanto tudo perde a graça,
essa desgraça é um meio de me comportar,
de assimilar.
Cabeça quente, a vista embassa, eu trinco os dentes
eu sempre tento assimilar.

Em braços largos sou aceito,
Outros rostos, e a mesma gana pra lutar!
Um mar de espelhos, máximo respeito.
Mesmo propósito.

Me dê a mão, juntos vamos sobreviver!

Volto pra mesa mais sem graça, essa rotina
é um meio de me comportar, de assimilar.
E eu sigo em frente, e eu tento sempre
Nunca foi tão fácil ver que não é tão fácil assim.

Em braços largos sou aceito,
Outros rostos, e a mesma gana pra lutar!
Um mar de espelhos, máximo respeito.
Mesmo propósito.

Me dê a mão, juntos vamos sobreviver!
Track Name: Nós
Não é maldade
Já fomos melhores que isso.
Agora é cada um com seus problemas
Cada um por si.

Eu sei o que quer de mim
É sempre o "venha a nós"

Não vou falar que não
Isso tudo é muito estranho.
Estou sem paciência para desatar os nós
Entre nós.

Eu sei o que quer de mim
É sempre o "venha a nós"